E-Eye IRPL
E-Eye IRPL

E-Eye IRPL: Tratamento para Olho Seco

Esse artigo é especial pra quem precisa pingar colírios lubrificantes nos olhos com frequência, pra quem acorda no meio da noite com dificuldade de abrir os olhos, e eventualmente dor ao abri-los. Pra quem sente os olhos ardendo, vermelhos, ou com sensação de areia e não sabe o porquê.

Estima-se que a Síndrome do Olho Seco atinge cerca de 34% dos brasileiros acima de 18 anos, esta é uma das principais razões de visitas ao meu consultório.

A baixa produção ou excessiva evaporação da lágrima causa esta que é uma síndrome crônica e muito frequente.

Sintomas

Entre os principais sintomas podemos destacar:

  • sensação de fadiga nos olhos, principalmente ao trabalhar com computadores ou usar celulares;
  • sensibilidade à luz;
  • olhos coçando;
  • olhos avermelhados;
  • visão embaçada que melhora ao lacrimejar;
  • olhos ressecados ao acordar, às vezes com dificuldade de abrir;
  • olhos ressecados e ardor em ambientes com ar condicionado;
  • dificuldade para usar lentes de contato.

Como se livrar do desconforto causado pelo Olho Seco

O tratamento convencional merece um outro artigo só pra ele, mas aqui quero falar de um novo equipamento que é realmente revolucionário, pra quando a primeira opção de tratamento não é adequada.

A Síndrome do Olho Seco já pode ser tratada por meio da nova tecnologia de luz pulsada regulada de alta intensidade do sistema E-Eye IRPL®.

Esse é o primeiro e único dispositivo de luz pulsada regulada de alta intensidade no mundo especificamente projetado para o tratamento da Síndrome do Olho Seco.

Já na primeira aplicação já é possível obter os resultados, reduzindo o uso de colírios e melhorando a qualidade de vida.

Como Funciona?

O E-Eye IRPL® gera sequências de pulsos uniformes e perfeitamente calibradas sobre as glândulas inativas ou obstruídas do paciente, através da aplicação de Luz Pulsada Policromática, utilizando a nova tecnologia: IRPL® (Intense Regulated Pulsed Light).

Ele emite um feixe de “luz fria”, que estimula e desobstrui as glândulas meibomianas com total segurança e conforto de forma minimamente invasiva.

Em resposta a este estímulo, as glândulas de meibomio voltam a funcionar secretando lipídios e proteínas ao filme lacrimal evitando que o mesmo evapore.

As glândulas de Meibomio voltam à sua função normal em um curto período tempo, aproximadamente duas horas, após a sessão.

A melhora é percebida após cada sessão, que é cumulativa e permanece por cerca de uma semana após a 1ª sessão, duas a três semanas após a 2ª sessão, e doze meses após a 3ª sessão. Para casos severos, uma 4ª sessão pode ser necessária. 

A cada 12 meses uma sessão controle deve ser realizada. O tratamento completo deve ser repetido entre 18 e 36 meses dependendo dos sintomas e severidade da doença.

Indicações

É indicado para pacientes que possuem Olho Seco evaporativo, causado por baixa produção de lipídios.

Observar que pacientes que sofrem de Olho Seco causado somente por disfunções aquosas terão resultados inferiores, portanto, uma avaliação prévia com um médico oftalmologista é extremamente importante.

Outras Vantagens

Além de estimular as Glândulas de Meibômio através da luz policromática de alta intensidade regulada, o procedimento promove outros efeitos:

  • Reeducação neurológica, liberando neurotransmissores capazes de interagir com as glândulas estimulando secreção, consequentemente entregando mais lipídios a lágrima;
  • Melhora do Tempo de Quebra da Lágrima.

Caso queira saber se essa tecnologia pode ser aplicada para o seu caso, agende uma consulta ou entre em contato para esclarecimento de dúvidas.

Dr. Hallim Féres Neto

Formado em Medicina pela Faculdade de Medicina do ABC em 2004, Residência em Oftalmologia pela Faculdade de Medicina do ABC em 2007 e especialização em Gestão em Saúde no Insper em 2015. É Cirurgião de segmento anterior no Hospital Israelita Albert Einstein desde 2010 Possui especialidade em: Cirurgia Refrativa, Catarata, Ceratocone e Adaptação de Lente de Contato

Deixe um comentário