You are currently viewing Cirurgias Refrativas – Tecnologias para diminuir a dependência dos óculos
Dr Hallim Feres Neto - cirurgias refrativas

Cirurgias Refrativas – Tecnologias para diminuir a dependência dos óculos

Tecnologias para diminuir a dependência dos óculos e melhorar a qualidade de vida.

Às vezes, por melhor que a nossa visão fique com óculos ou lentes de contato a gente tem vontade de já acordar enxergando. Ou então, de poder entrar na piscina ou na quadra sem se preocupar se algo está incomodando no olho, ou se alguma coisa está escorregando do rosto.

Pra essas e outras circunstâncias, a cirurgia refrativa pode ser uma opção.

Chamamos de “erros refrativos” as alterações oculares relacionadas ao foco e que podem ser corrigidas com o auxílio de lentes – são eles a miopia, hipermetropia e astigmatismo.

Existem alguns tipos de cirurgias refrativas, cada uma tem suas indicações, e o médico oftalmologista deve levar em consideração diversas questões antes de decidir qual a melhor para o paciente.

Basicamente existem 3 tipos de cirurgia a laser, com algumas variações.

PRK

Cirurgia Refrativa PRK

A primeira técnica criada, mas que evoluiu e foi refinada ao longo de mais de 30 anos, e ainda é a técnica de escolha em algumas situações.

O Excimer Laser age na superfície da córnea, remodelando-a para alterar a sua curva e consequentemente o grau. Costuma ser a com maior desconforto no pós operatório, e tem um tempo de recuperação mais longo (embora você já possa ter visão boa o suficiente para ir trabalhar em torno de 5 dias). A principal vantagem é que a princípio pode ser feito com mais segurança em córneas com espessura mais fina, que não suportariam LASIK ou SMILE (mais sobre essas abaixo).

LASIK

O laser nesse caso age numa camada intermediária da córnea. Para acessar essa camada intermediária é levantada uma finíssima camada da córnea que chamamos de “flap corneano”. Depois de levantado o flap, aplicamos o Excimer Laser para remodelar a córnea, e por fim reposicionamos o flap no lugar. Como mantenho assim a superfície íntegra, o conforto pós-operatório é maior, e traz uma recuperação da visão mais rápida – geralmente já quase recuperada no dia seguinte.

Para criar o flap, geralmente usamos um outro tipo de laser, chamado Laser de Femtosegundo, que emite pulsos ultra rápidos, de um milionésimo de bilionésimo de segundo cada (ou 1 elevado a 10ˆ-14s, ou 1 “Femtosegundo”).

Cirurgia Refrativa LASIK

SMILE

É a técnica mais nova, que usa apenas o Laser de Femtosegundo. Com esse laser lapidamos no meio da córnea uma pequena lente, calculada para ter o exatamente o o grau que está a “mais” no olho. Depois com uma pinça retiramos essa lentícula, mudando o formato da córnea sem precisar mexer em sua superfície. Tem uma recuperação quase tão rápida quanto o LASIK, e causa menos sintomas de olho seco. Porém serve para graus menores de miopia, e não corrige a hipermetropia.

Presbiopia

Para quem tem mais de 40 anos e já tem os sintomas da vista cansada e o braço está ficando curto, alguns equipamentos de Excimer Laser têm softwares específicos para tratar a presbiopia também, com resultados que servem para quem quer diminuir a dependência de óculos para perto em algumas situações.

Pré Requisitos

  • Grau estável ou mudando pouco;
  • Ser maior de idade (preferencialmente maior de 21 anos);
  • Ter a córnea saudável (não pode por exemplo ter ceratocone);
  • Ter um grau que seja possível de operar com o LASER – ou graus muito altos, ou não tão altos com córneas mais finas;
  • Ter expectativas realistas quanto ao procedimento: talvez não tenham lhe contado, mas embora improvável, é possível que mesmo após a cirurgia você ainda use óculos em algumas situações, como por exemplo pegar uma estrada a noite.

Alternativas

Nos casos em que não é possível operar com o LASER, existe a opção do implante de lente fácica.

Implante de lente fácica

Nessa técnica, com uma incisão de apenas 2 milímetros colocamos uma lente dentro do olho, que fica imperceptível a olho nu. Os resultados são excelentes.

Se tiver alguma duvida, pode falar conosco! Ficaremos felizes em ajudar

Dr. Hallim Féres Neto

Formado em Medicina pela Faculdade de Medicina do ABC em 2004, Residência em Oftalmologia pela Faculdade de Medicina do ABC em 2007 e especialização em Gestão em Saúde no Insper em 2015. É Cirurgião de segmento anterior no Hospital Israelita Albert Einstein desde 2010 Possui especialidade em: Cirurgia Refrativa, Catarata, Ceratocone e Adaptação de Lente de Contato

Deixe um comentário