Dr Hallim - Fogos de Artifício e Cuidado com os Olhos
Dr Hallim - Fogos de Artifício e Cuidado com os Olhos

O perigo está no ar: Como proteger as crianças dos fogos de artifício

Publicado originalmente no portal Just Real Moms

Difícil quem não goste de assistir aos fogos no final do ano, não é? Espero que esse ano meus filhos fiquem acordados pra assistir comigo!

Mas de longe! Eles realmente são um perigo, vamos falar sobre isso.

Os números são claros: fogos de artifício são perigosos e a virada do ano é um momento especialmente arriscado para lesões oculares.

De acordo com o mais recente relatório anual de lesões de fogos de artifício  da Comissão de Segurança dos Produtos de Consumo dos Estados Unidos, em 2019 houve naquele país 12 mortes e 10.000 feridos – 1.500 desses tiveram lesões oculares.

Três quartos dos ferimentos de tratados em salas de emergência aconteceram entre meados de junho e meados de julho – isso porque lá o feriado com mais fogos é o Dia da Independência, em 4 de julho.

A gente pode pensar que sabe lidar com os fogos com segurança, mas brincar com eles (ou assisti-los sem tomar os devidos cuidados) pode cegar você ou seus filhos.

Nos casos mais graves, fogos de artifício podem romper o globo ocular, causar queimaduras químicas e  térmicas, abrasões corneanas e descolamento  da retina — tudo isso pode causar danos permanentes nos olhos e perda de visão.

Crianças e jovens adultos são vítimas frequentes. De acordo com o relatório da comissão, menores de 15 anos correspondem a 36% do total de feridos.

Até faíscas são extremamente perigosas, pois queimam a mais de 1.000 graus Celsius.

Elas foram responsáveis por 1.200 dos ferimentos no último relatório, e um acidente de faísca causou uma das mortes no relatório de 2017.

Então, mesmo deixando para os profissionais, precisamos tomar os devidos cuidados.

Na verdade apenas 35% das pessoas feridas por fogos de artifício estavam realmente fazendo a manipulação deles. De acordo outro estudo, este realizado na Suíça em 2017, 65% das pessoas feridas por fogos de artifício eram espectadores.

De cortes e hematomas a córneas danificadas, retinas e olhos rompidos, oftalmologistas tratam milhares de pessoas todos os anos que sofrem lesões relacionadas a fogos de artifício.

O que fazer no caso de uma lesão no olho de fogos de artifício

Lesões oculares relacionadas a fogos de artifício podem combinar trauma por força bruta, queimaduras de calor e exposição química.

Então, se ocorrer uma lesão ocular, você deve procurar um médico oftalmologista imediatamente.

  • Não esfregue os olhos;
  • Não enxague os olhos;
  • E nunca aplique pressão;
  • Não remova nenhum objeto que esteja preso no olho;
  • Não aplique pomadas;
  • Por fim, não tome quaisquer medicamentos para a dor de afinação sanguínea, como aspirina ou ibuprofeno, a menos que seja dirigido por um médico;

Dicas de segurança:

Bom, a melhor maneira MESMO de evitar uma lesão por fogos de artifício é não comprar! (a não ser que você trabalhe com isso, mas aí deixe seus filhos longe deles, ok?)

Além disso, se você for assistir ou estiver perto de um show profissional de fogos de artifício:

  • Respeite as barreiras de segurança, siga todas as instruções de segurança e assista a pelo menos 200 metros de distância;
  • Não toque em fogos de artifício não explodidos; se encontrar algum, saia de perto e avise alguém competente;
  • Não permita que crianças brinquem com fogo de artifício. Mesmo aquelas velas sparklers, que a gente usa em bolos de aniversário e é considerado “seguro”, queimam a temperaturas muito altas e não devem ser manuseados por crianças pequenas, as faíscas podem chegar muito perto do rosto;
  • Crianças mais velhas devem ser autorizadas a usar fogos de artifício apenas sob supervisão de adultos próximos;
  • Não permita qualquer corrida ou brincadeira com fogos.;
  • Detonar fogos de artifício ao ar livre em uma área clara, longe de casas, folhas secas ou grama e outros materiais inflamáveis;
  • Mantenha um balde de água nas proximidades para emergências e para derramar em fogos de artifício que não acendem ou explodem;
  • Não tente reacender ou manusear fogos de artifício defeituosos. Mergulhe-os com água e jogue-os fora;
  • Certifique-se de que outras pessoas estão fora de alcance antes de acender fogos de artifício;
  • Nunca acenda em um recipiente que não seja próprio para eles, especialmente em um recipiente de vidro ou metal;
  • Verifique as instruções para obter instruções especiais de armazenamento;
  • Observe as leis locais;
  • Nunca tenha nenhuma parte do seu corpo diretamente sobre um fogo de artifício durante o acendimento;
  • NUNCA use fogos de artifício caseiros.

Lesões oculares de fogos de artifício podem ser muito severas devido a combinação de força, calor e produtos químicos.

Então, seguir essas dicas simples de segurança pode ajudar a fazer uma celebração segura e divertida.

Feliz 2022!

Dr. Hallim Féres Neto

Formado em Medicina pela Faculdade de Medicina do ABC em 2004, Residência em Oftalmologia pela Faculdade de Medicina do ABC em 2007 e especialização em Gestão em Saúde no Insper em 2015. É Cirurgião de segmento anterior no Hospital Israelita Albert Einstein desde 2010 Possui especialidade em: Cirurgia Refrativa, Catarata, Ceratocone e Adaptação de Lente de Contato

Deixe um comentário